cheap essay writing cheap essay writing service cheap essay writing cheap essay writing cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap essay writing cheap essay writing service cheap essay writing cheap essay writing Dissertation Writing service Buy Dissertation Online Cheap dissertation writing Cheap dissertation writing cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap essay writing Essay Writing Service cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap dissertation writing service cheap essay writing service cheap dissertation writing cheap dissertation writing cheap essay writing service cheap dissertation writing service cheap essay writing cheap essay writing service cheap essay writing cheap essay writing PARADIGAMAS PARA O DESENVOLVIMENTO DE UM BRASIL EM CRISE EM DEBATE NA XII SEMECO | Departamento de Economia
 

PARADIGAMAS PARA O DESENVOLVIMENTO DE UM BRASIL EM CRISE EM DEBATE NA XII SEMECO

A XII SEMECO, organizada por alunos de economia da UFRPE, com o apoio de professores do DECON, propiciou à comunidade acadêmica e convidados uma semana de debates sobre "paradigamas para o desenvolvimento de um Brasil em crise". Os temas abordados contemplaram questões polêmicas que vêm causando impactos à economia do país e temas recorrentes sobre a atividade profissional do economista. 

Na primeira noite, a exposição inicial coube ao Prof. Guerino Edécio da Silva, do DECON-UFRPE, que abordou aspectos institucionais da crise brasileira atual, seguida da palestra do Dr. Marcelo Galvão Guerra, presidente do IBRACON, sobre "Auditoria como ferramenta de combate à corrupção". 

No dia seguinte, com exposição do Profº Pedro Paulo Silva de Assis, o tema abordado foi "Como a carga tributária brasileira atrasa a industrialização". Na sequência, a Profª Joelma Pessôa Marques expôs sobre "Economia do trabalho, produtividade e desenvolvimento à luz da nova reforma".

Na terceira noite, um tema atual, que vem ocupando espaço em todos os fóruns sobre economia e política, " crise e corrupção ", foi abordado pelo Prof. Luiz Maia, também do DECON. A segunda exposição da noite coube ao professor Vitor Navarrete com o tema "Previdência Social e Ciências Atuarias". 

No quarto dia, no formato de  roda de diálogo,  com a participação do Prof.  Marcos Figueredo, do DE-UFRPE, e dos represenatntes da FETAPE,  Davi Fantuzzi e Plácido Júnior, a discussão versou sobre  Reforma Agrária, Agricultura Familiar e Compras Institucionais. Em seguida, encerrando a noite, a Profª  Poema Isis de Andrade, foi a responsável pela palestra sobre "Balanço de Pagamentos do Brasil nos últimos anos". 

Finalmente, o quinto e último dia teve a exposição do tema "Entre potenciais, realizações e frustrações: refletindo sobre a trajetória contemporânea da economia e sociedade brasileira", com apresentação do Prof. Gustavo Acioli Lopes; e, encerrando o encontro, a palestra da Profª Ana Cláudia Arruda sobre "Desenvolvimento urbano: cidades, metrópoles: crise urbana e seus impactos".

Merece um registro especial o empenho dos alunos do Curso de Economia, com destaque para os participantes da Comissão Organizadora através do DA Cláudia Conceição,  e o apoio da Coordenadora e vice-Coordenadora do Curso de Ciências Econômicas, Professoras Isabel Oliveira e Eliane Abreu,  da Diretora e Vice-Diretora do Departamento, Profª Poema Isis de Andrade e Gisléia Benini;  dos professores palestrantes, Luiz Maia, Guerino Edécio e Poema Isis,  dos representantes das instituições parceiras, CORECON e IBRACON, e demais professores do DECON - Sônia Gomes, André Melo, Diego Firmino, Ana Paula Amazonas, Keynis, Kherle  -  e outros convidados.  

A SEMECO cumpre, assim, mais um capítulo da sua história, iniciada há 12 anos com a participação de um grupo de alunos que hoje atua profissionalmente em diferentes segmentos da economia. Agora, o momento é de expectativa, aguardar que na próxima edição tenhamos um cenário econômico mais equilibrado que aponte caminhos menos tortuosos  para a retomada do tão sonhado desenvolvimento.